Selvageria sem limite. Filho, de dez anos, de Fagner é ameaçado

Há dez dias, cerca de 40 homens se aproveitando das máscaras obrigatórias na pandemia para esconderem suas identidades, invadiram o CT do Figueirense.

De acordo com o técnico Elano, vários estavam armados. Eles chutaram, esmurraram, ameaçaram de morte os jogadores pela péssima campanha do time na Série B, na zona do rebaixamento.

Vários atletas ficaram feridos.

Depois desses dez dias, a polícia não conseguiu ainda prender nenhum dos agressores. Sequer reconheceu um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *