Daniel Alves comemora convocação para Olimpíada: ‘Um sonho’

A seleção brasileira terá um líder no grupo que defenderá a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Em convocação anunciada na quinta-feira (17), o técnico André Jardine escolheu o lateral-direito Daniel Alves como um dos três jogadores acima da idade limite de 24 anos para a equipe.

Experiente e multicampeão, o atleta do São Paulo relatou a emoção de ser convocado para buscar um dos poucos títulos que ainda não tem na carreira e reconheceu a responsabilidade por vestir a camisa do Brasil mais uma vez.

“É uma satisfação imensa, uma alegria tremenda poder estar representando o meu país de uma forma diferente e tão especial como a Olimpíada. Eu sonhava com um momento assim, bati na trave duas vezes e agora estou tendo a honra de ser chamado e poder fazer parte desse grupo, que vai defender a medalha. A responsabilidade é muito grande, mas é disso que a gente gosta: ter responsabilidades e desafios assim. Vestir a camisa da Seleção Brasileira significa muito para os jogadores, em especial para mim. Sempre vesti as cores do meu país, como o bom patriota que sou”, declarou em vídeo publicado pelo São Paulo nas redes sociais.

Daniel Alves também disse que um dos motivos de seu retorno ao Brasil era mostrar que poderia jogar em um clube e servir à seleção. Após a convocação para os Jogos de Tóquio 2020, o lateral-direito aproveitou para manifestar toda a sua gratidão ao São Paulo, que o proporcionou esta oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *