Cenoura e tomate ficam mais baratos, mas cebola dispara 22% em maio

A queda do preço da cenoura (-22,8%), do tomate (-16,5%) e das hortaliças e legumes (-3,5%) no acumulado das três primeiras semanas do mês de maio influenciou na desaceleração dos preços dos alimentos no período (de 1,19% para 0,76%).

Por outro lado, pesou no bolso dos consumidores o valor da cebola, que acumula variação positiva de 22% até o dia 22 deste mês, segundo dados apresentados nesta segunda-feira (23) pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

Com as movimentações, o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor — Semanal) da terceira quadrissemana de maio de 2022 subiu 0,44% e passou a acumular alta de 10,21% nos últimos 12 meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *