Mapa do Ensino Superior aponta aumento na evasão e queda na taxa de escolarização

O Semesp, entidade que representa mantenedoras de ensino superior no Brasil, divulgou nesta terça-feira (14) o Mapa do Ensino Superior, um estudo detalhado do impacto da pandemia na educação superior do país. De 2020 para cá, a crise sanitária influenciou no número de matrículas e na evasão.

De acordo com o levantamento, a EAD (Educação a Distância) registrou crescimento, o que já era uma tendência nos últimos anos. No entanto, o estudo mostra que a modalidade não atinge o público mais jovem, o que resulta na queda da taxa de escolarização no país.

Rodrigo Capelato, diretor-executivo do Semesp, destaca que o “Mapa do Ensino Superior reúne dados de todo o Brasil e por estado, a partir dos dados do Censo de 2020”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *