PM suspende agente suspeito de balear e matar mulher durante operação no Complexo do Alemão

A Polícia Militar identificou e suspendeu das atividades o agente suspeito de ter baleado e matado Letícia Marinho Salles, de 50 anos, que passava de carro nas proximidades do Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, durante a operação que deixou 17 mortos na comunidade, na semana passada.

O responsável pelo disparo que vitimou a mulher é um cabo que atua na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Parque Proletário. De acordo com a corporação, a Corregedoria colabora com as investigações da Delegacia de Homicídios da Capital e também abriu um procedimento interno para apurar o caso.

Letícia foi morta no último dia 21. Segundo o namorado, que estava com ela no veículo, a vítima foi baleada por PMs enquanto o carro estava parado em um sinal da estrada do Itararé. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *